ANOS DE EXILIO DO JOVEM MALLARME, OS

ANOS DE EXILIO DO JOVEM MALLARME, OS

"Libertem Mallarmé", pede Henry Meschonnic: liberem-no dos críticos literários, dos acadêmicos, dos filósofos. Liberem-no, pelo menos por um momento, das interpretações psicanalíticas, dos unicórnios no cio e do fantasma da irmã morta, e nos deixem ouvir sua voz, participar do seu humor delicado, ingênuo às vezes. 'Os Anos de Exílio do Jovem Mallarmé' parece ter sido escrito para atender a esse grito: nele, Joaquim Brasil Fontes refaz o itinerário de um poeta de vinte e poucos anos, com sua mulher, sua "alemãzinha", na província francesa. Um percurso feito a partir da leitura da correspondência desse jovem e melancólico professor de inglês com amigos da mesma idade, colegas e, às vezes, com a burocracia das escolas, livreiros e editores. Acompanhando a passagem do jovem Mallarmé por três cidades da província francesa - Tournon, Besançon e Avignon - o autor nos mostra que este percurso é uma verdadeira catábase, uma descida aos infernos, uma iniciação, no termo da qual o poeta volta das sombras tendo, nas mãos, o seu ramo de ouro que é a sua poética feita de Nada. No final do volume o leitor encontrará, em edição bilíngüe, versos de Stéphane Mallarmé traduzidos, em prosa poética, por Joaquim Brasil Fontes.
Editora: ATELIE EDITORIAL
ISBN: 8574803669
ISBN13: 9788574803661
Edição: 1ª Edição - 2007
Número de Páginas: 176
Acabamento: BROCHURA
Formato: 12.50 x 20.50 cm.
por R$ 42,00