ARCANOS SOBRIOS POEMAS

ARCANOS SOBRIOS POEMAS

Na poesia de António Oliveira Cruz deparamo-nos com uma característica pouco usual no lirismo contemporâneo, pois só nalguns casos isolados ela se manifesta: essa característica é a elevação do lirismo à categoria de ideia pura, ou pensamento puro. Trata-se de uma forma de lirismo na qual a linguagem se resume apenas à essência de um pensamento, um lirismo que não se faz acompanhar de qualquer tipo de aditivo secunda´rio de modo a ilustrar o pensamento. Em vez disso, a ideia é enunciada de uma forma límpida, apenas na sua estrutura mais essencial. Partindo do princípio de que a linguagem constitui a essencialidade do Ser, a poesia do autor impõe-se pela estrutura da linguagem, por um raciocínio quase metódico que não se recusa, até, ao usodo neologismo e sem deixar de obedecer a uma condição fundamental da linguagem poética, que é o emprego da metáfora. Deste modo, a característica mais imediata desta poesia reside no jogo entre uma estrutura poética que não abdica do uso da metáfora, ou seja, um tipo de estrutura poética mais tradicional e estruturas e conceitos próprios da linguagem mais especulativa ou, mesmo, filosófica.
Editora: INSTITUTO PIAGET
ISBN: 9728245246
ISBN13: 9789728245245
Edição: 1ª Edição - 1998
Número de Páginas: 100
Acabamento: BROCHURA
Formato: 14.80 x 20.80 cm.
por R$ 45,00