ARTE DE MENTIR, A
Passe o mouse na imagem para ver detalhes Ampliar

ARTE DE MENTIR, A

O jornalista e escritor Cícero Sandroni reuniu algumas das suas melhores crônicas em A arte de mentir, nova publicação da editora Rocco. A maioria delas foi publicada no Jornal do Commercio entre 1999 e 2003 e falam de “memórias de amigos que já partiram, uma ou outra alusão aos malfeitos da vida, sem vontade de ser a palmatória do mundo. Pequenos textos, talvez para serem lidos em uma noite de chuva”. Como gênero, a crônica agrada ao leitor habituado aos fatos diários do cotidiano através da imprensa e ao romance. Se a dor da gente não sai no jornal, as crônicas são o meio onde elas dariam um jeitinho. Já no primeiro texto, a literatura de Sandroni ferve, ligando referências e informações do mundo real, como todo bom jornalista, à sensibilidade do escritor. Defendendo a crônica, cita Machado de Assis, para quem: “O folhetinista, na sociedade, ocupa o lugar do colibri na esfera vegetal; salta; esvoaça, brinca, tremula, paira e espaneja-se sobre todos os caules suculentos, sobre todas as seivas vigorosas. Todo mundo lhe pertence; até mesmo a política.” Contrabalançando, o escritor também relembra Alceu Amoroso Lima, arrumando briga com o cronista Rubem Braga, ao dizer que “Uma crônica num livro é como um passarinho afogado”. É este tipo de leitura, com referências curiosas, críticas, pitorescas, salpicadas pelo bom humor e pela escrita leve e inteligente de Cícero Sandroni que encontramos nas mais de cem crônicas de A arte de mentir. A variada gama de personagens reais vão da esposa do escritor, se excedendo, ao ouvir fora do país a trilha de Caetano Veloso e Vinicius de Moraes em um filme espanhol, a lembranças ou nuances dos escritores Clarice (Lispector) e Fernando (Sabino), John Lennon, Aldir Blanc, Dom Helder (Câmara), Hélio Pellegrino, Zé Rubem, Lula, (Gabriel) Garcia Marques, o nariz de Michel Temer, Joel Silveira, para citar alguns. Os lugares: Brasil, Cuba, Paris, Davos... Das guerras à economia, da cozinha à arte, tudo passa pelo crivo do cronista.
Editora: ROCCO
ISBN: 9788532529619
ISBN13: 9788532529619
Edição: 1ª Edição - 2015
Número de Páginas: 256
Acabamento: BROCHURA
Formato: 14.00 x 21.00 cm.
por R$ 24,50