AS CONSEQÜÊNCIAS MORAIS DO CRESCIMENTO ECONÔMICO

AS CONSEQÜÊNCIAS MORAIS DO CRESCIMENTO ECONÔMICO

Friedman defende o argumento de que o crescimento econômico amplamente distribuído proporciona, aos países, benefícios que vão além do plano material, criando e fortalecendo instituições democráticas, gerando estabilidade política e promovendo tolerância social. Friedman analisa os Estados Unidos e alguns países em desenvolvimento e oferece sugestões concretas para que se estimule uma política catalisadora de progressos sociais.
Editora: RECORD
ISBN: 8501077054
ISBN13: 9788501077059
Edição: 1ª Edição - 2009
Número de Páginas: 658
Acabamento: BROCHURA
Formato: 16.00 x 23.00 cm.
por R$ 129,90 2x de R$ 64,95 sem juros