BRANQUEAMENTO DE CAPITAIS E INJUSTO PENAL - ANALISE DOGMATICA E DOUTRINA COMPARADA LUSO-BRASILEIRA

BRANQUEAMENTO DE CAPITAIS E INJUSTO PENAL - ANALISE DOGMATICA E DOUTRINA COMPARADA LUSO-BRASILEIRA

A problemática do injusto penal de branqueamento e/ou lavagem de capitais surge como elemento jurídico-penal. A presente no rol das temáticas penalísticas de eleição do que a doutrina passou a construir como sendo o paradigma da internacionalização do Direito Penal, a construção legislativa nacional no campo do processo tipológico dos injustos penais de tal natureza passou a prestar obediência aos ditames dos tratados e convenções internacionais, às previsões do arcabouço normativo internacional (…). O injusto penal em comento é a representação de condutas ou comportamentos estratégicos e complexos que visam realizar a “alquimia” da ilicitude em licitude, a “metamorfose” de bens, direitos e valores adquiridos de forma criminosa, por práticas delituosas, em ativos visíveis e superficialmente legais. Trata-se de um comportamento delituoso que implica numa série de transações materiais e imateriais objetivando dificultar a identificação da sua origem remota ilícita, assim adquirindo todo um campo econômico livre para a utilização desses recursos como valores licitamente adquiridos (…). É um processo dissimulatório que espelha uma relação de antecedência e consequência na aplicação de importâncias econômicas provenientes de um exercício delituoso (…). Um delito de extrema danosidade social que despertou a preocupação política e jurídica pela estrada invertida, isto é, partindo da mão internacional para a nacional, mas o fundamental reside em reconhecer a gravidade social da figura delituosa.(Programa da Obra Jurídica Luso-Brasileira - o injusto penal da “lavagem”).
Editora: JURUA EDITORA
ISBN: 9898312203
ISBN13: 9789898312204
Edição: 1ª Edição - 2010
Número de Páginas: 696
Acabamento: BROCHURA
por R$ 174,00 3x de R$ 58,00 sem juros