COLECIONISMO MODERNO
Passe o mouse na imagem para ver detalhes Ampliar

COLECIONISMO MODERNO

UMA SAGA RUSSA
O que dizer então dos primeiros colecionadores de arte moderna terem sido dois russos que moravam em Moscou? Não eram os franceses que estavam interessados em apoiar a ruptura com o passado da linguagem artística acadêmica, e sim dois empresários que vinham da distante Rússia, um país ainda submetido ao despotismo do czar Nicolau II. Como se fosse um romance, um drama histórico que mescla prazer estético, amor, transgressão, dor, perdas, fuga, exílio, esquecimento e legado, esse relato vai se desdobrando sobre os momentos mais cruciais que envolveram a vida desses homens e o percurso dessas coleções. Obras dos principais artistas que estavam criando a arte moderna tais como: Monet, Gauguin, Van Gogh, Cézanne, Matisse e Picasso, dentre outros, faziam das mansões desses dois russos um verdadeiro celeiro de ideias, formas e cores modernas. Abrir um palacete repleto de pinturas cubistas para visitação pública foi uma oportunidade que os jovens artistas da Rússia souberam aproveitar com grande criatividade. O passo seguinte seria a criação de obras onde a figuração deu lugar à abstração. Tudo isso envolvido pelos mais dramáticos e aguerridos momentos da história russa: Revolução de 1917, I e II Guerras Mundiais.
Editora: VERMELHO MARINHO
ISBN: 9788564298439
ISBN13: 9788564298439
Edição: 1ª Edição - 2011
Número de Páginas: 256
Acabamento: BROCHURA
Formato: 16.00 x 21.00 cm.
por R$ 50,00