0

Meu carrinho

    Favoritar

    CONTO LITERARIO, O

    Ref:
    826363

    Por: R$ 73,00

    Preço a vista: R$ 73,00

    Comprar

    Sinopse

    Indagar o passado do conto é melhor apreender o seu presente e assim compreendê-lo, pois ele conserva determinados traços que evocam as suas origens. Preservando, em todo o seu percurso, a memória da tradição, responsável pela formação de um modelo pedagógico, no qual a função socializadora da forma oral e o princípio moral se sobrepõem ao exercício do puro prazer estético, ele beneficiará também do impulso trazido por este, que será responsável pela sua maturação enquanto forma literária. Na literatura portuguesa, alguns momentos significativos ou linhas evolutivas testemunham a manutenção dessa memória ao longo dos tempos. Certos autores-charneira, como Alexandre Herculano, Camilo Castelo Branco, Eça de Queirós, Manuel da Fonseca, e certos autores transicionais, como Rodrigo Paganino e Álvaro do Carvalhal, desempenharam um papel essencial ora na subsistência desse fator elementar ora no redirecionamento do conto para outra fase evolutiva, a qual é incompreensível sem a sua qualidade de monumento comemorativo do passado. Inegavelmente, o desenvolvimento histórico-literário do conto faz-se através do levantamento de questões decisivas e de grande peso teórico-literário, que facilitam a libertação do moralismo por ele assumido até à segunda metade do século XIX, mas sempre sem prejudicar um certo didatismo ingénito, reconhecido, aliás, por todos os seus cultores. A evolução do denominado modelo estético é conseguida também pela inclusão do discurso crítico na própria forma, e pela manutenção da referida memória, sob a forma da troca de experiências verificada entre dois interlocutores. O processo evolutivo do conto literário é, sem dúvida, marcado pela gradual substituição da memória da tradição oral pela memória da tradição literária, isto é, pela eleição da literatura como tema na produção estética dos seus cultores, tal como a encontramos em Camilo Castelo Branco e Álvaro do Carvalhal. Independentemente disso, é fulcral realçar que a cumplicidade entre ambas é uma
    Mostrar mais

    Ficha técnica

    Especificações

    ISBN9789895206650
    SubtítuloA MEMORIA DA TRADIÇAO
    Pré vendaNão
    Peso600g
    Autor para link
    Livro disponível - pronta entregaNão
    Dimensões21 x 14 x 6
    IdiomaPORTUGUÊS DE PORTUGAL
    Tipo itemLivro Nacional
    Número de páginas690
    Número da edição1ª EDIÇÃO - 2017
    Código Interno826363
    Código de barras9789895206650
    AcabamentoBROCHURA
    AutorDUARTE, NOELIA
    EditoraCHIADO (BRASIL)
    Sob encomendaSim

    Este livro é vendido

    SOB ENCOMENDA

    Prazo estimado para disponibilidade em estoque: dias úteis

    (Sujeito aos estoques de nossos fornecedores)

    +

    Prazo do frete selecionado.

    (Veja o prazo total na sacola de compras)

    Comprar