CRIME E COTIDIANO

CRIME E COTIDIANO

São Paulo passou por intensas transformações socioeconômicas e culturais como conseqüência do processo de imigração em massa, a partir dos últimos anos do regime escravista e da expansão da produção cafeeira. Boris Fausto explora uma faceta pouco conhecida desse período, estabelecendo relações entre a criminalidade e variáveis como imigração, nível de instrução, idade, sexo, cor da pele. Traça um quadro no qual a repressão à marginalidade social e à delinqüência surge como forma eficaz de controle social, ao mesmo tempo em que investiga as formas de transgressão das normas penais, concentrando-se nos delitos de homicídio, furtos e roubos, e de natureza sexual.
Editora: EDUSP
ISBN: 8531406064
ISBN13: 9788531406065
por R$ 60,00