CRITICA DA RAZAO EBRIA
Passe o mouse na imagem para ver detalhes Ampliar

CRITICA DA RAZAO EBRIA

Raul Magalhães analisa o consumo de drogas sob o ponto de vista da organização social. Não se trata de especular se a droga é o 'espírito do mundo sem espírito' da geração AI-5, a rebeldia sem causa da juventude excluída ou estratégia de sobrevivência de algum lumpem-proletariado. Pelo contrário: enfoca o problema da droga sob o prima da sociologia, ou seja, sua residência está na articulação analítica de elementos e dimensões de natureza instrumental e simbólica que montam a dramaturgia da ordem social. O mesmo 'bagulho' que abre a seus usuários as portas da percepção do entendimento intersubjetivo é a mercadoria criminógena dos juízes, o recurso e a patologia dos médicos.
Editora: ANNABLUME
ISBN: 8585596236
ISBN13: 9788585596231
Edição: 1ª Edição - 2003
Número de Páginas: 200
Acabamento: BROCHURA
Formato: 10.50 x 18.00 cm.
por R$ 35,00