A CULTURA DAS APARÊNCIAS
Passe o mouse na imagem para ver detalhes Ampliar

A CULTURA DAS APARÊNCIAS

Ainda não havia as top models, mas bonecas eram despachadas de Paris para o mundo. Também não existiam as semanas de moda; no entanto, hotéis parisienses já organizavam exibições de frágeis manequins que só foram substituídos por um método de difusão mais prático: a imprensa feminina, cujo desenvolvimento foi apenas uma das facetas da transformação da sociedade nos séculos XVII e XVIII. No dia a dia, a revolução da indumentária modificava a maneira como as pessoas viam umas às outras.
Editora: SENAC - SP
ISBN: 8573595361
ISBN13: 9788573595369
Edição: 1ª Edição - 2007
Número de Páginas: 528
Acabamento: BROCHURA
Formato: 18.00 x 25.00 cm.
por R$ 123,00 2x de R$ 61,50 sem juros