DE QUANTA TERRA PRECISA O HOMEM?
Passe o mouse na imagem para ver detalhes Ampliar

DE QUANTA TERRA PRECISA O HOMEM?

Neste conto, o grande escritor russo Liev Tolstói recria a dramática história de um homem obcecado pelo desejo de obter mais terras. 'Se eu tivesse muita terra, não temeria nem mesmo o próprio diabo', pensa em voz alta o camponês Pakhóm. O que ele não sabe é que o diabo, escondido, o escuta e resolve despertar nele o impulso de obter mais terras. Depois de conseguir ampliar sua propriedade, mas ainda não satisfeito, o camponês resolve adquirir terras no longínquoterritório dos bashquires. Lá, é desafiado pelo chefe da aldeia: por um valor simbólico, Pakhóm terá toda a terra que conseguir percorrer a pé durante um dia, desde que, antes de o sol se pôr, retorne ao ponto de partida; caso contrário, perderá tudo. O leitor irá acompanhar esse desafio, no qual momentos de razão e de delírio se alternam no coração do protagonista, que só pensa em alcançar sua meta, custe o que custar. 'De quanta terra precisa o homem?' trazainda as ilustrações de Cárcamo, que retratam com perfeição a realidade dos camponeses russos do século XIX.
Editora: COMPANHIA DAS LETRAS
ISBN: 9788574060750
ISBN13: 9788574060750
Edição: 1ª Edição - 2009
Número de Páginas: 56
Acabamento: BROCHURA
Formato: 27.50 x 20.50 cm.
por R$ 39,90