DESIGUALDADES, REDES E ESPACIALIDADES EMERGENTES NO BRASIL
Passe o mouse na imagem para ver detalhes Ampliar

DESIGUALDADES, REDES E ESPACIALIDADES EMERGENTES NO BRASIL

São numerosas as dimensões econômicas e não econômicas do desenvolvimento, assim como as manifestações socioespaciais das desigualdades que impactam populações e territórios. Ao reconhecer que as desigualdades regionais e a equidade social se articulam com o desenvolvimento econômico, as distintas análises descritas neste livro ganham foco e legitimidade nas prováveis linhas de diálogo que sugerem em torno do binômio temático desigualdade/equidade. A mobilização do território para a obtenção do desenvolvimento e, por consequência, de uma dupla redução, a das desigualdades e a dos níveis de pobreza, não pode ignorar o fortalecimento das redes de atores locais como forma de ampliar a distribuição social das oportunidades, mesmo que sejam recorrentes as heranças estruturais que influem na disponibilidade de recursos e na produção de riqueza. Enfim, a semelhança das preocupações epistemológicas, a proximidade tópica e a natureza dos diferentes enfoques analíticos reunidos neste livro - sob o eixo temático desigualdades, redes e espacialidades emergentes no Brasil - se prestam a enriquecer o debate sobre os complexos fenômenos que conformam e dinamizam esse mesmo eixo, bem como para dar suporte à elaboração de pesquisas futuras. A obra permite um mergulho em questões muito debatidas e pouco equacionadas, particularmente caras à Geografia. Reflexões sobre desenvolvimento e desigualdade, redes tangíveis e intangíveis, trabalho e dispersão demográfica, analisados em escala nacional, são acompanhadas de análises de subespaços brasileiros em relação à metropolização, mineração, políticas territorializadas, migração, pendularidade e acessibilidade espacial.
Editora: GARAMOND
ISBN: 857617183X
ISBN13: 9788576171836
Edição: 1ª Edição - 2010
Número de Páginas: 360
Acabamento: BROCHURA
por R$ 65,00