DUAS COMEDIAS: LISISTRATA E AS TESMOFORIANTES
Passe o mouse na imagem para ver detalhes Ampliar

DUAS COMEDIAS: LISISTRATA E AS TESMOFORIANTES

A comédia grega antiga floresceu em Atenas durante o século V a.C. e tem em Aristófanes o seu principal representante. A sátira política, a invectiva pessoal e a forte presença do coro são características marcantes do gênero. 'Lisístrata' e 'As tesmoforiantes', ambas de 411 a.C., apresentam questões relacionadas à mulher na sociedade ateniense. Fartas da guerra entre Atenas e Espartas, as mulheres, lideradas por Lisístrata, deflagram uma greve sexual para forçar seus maridos a contratas as tréguas. A guerra instala-se entre os dois sexos. Os homens, que a princípio resistem, usando inclusive a força para desalojar as mulheres rebeladas na Acrópole, terminam cedendo No centro de 'As tesmoforiantes' está o coro feminino que celebra as Tesmofórias - festival voltado para a renovação da vida. Livres da vigilância masculina, as mulheres decidem punir Eurípides, que não cessa de difama-las em suas tragédias. Um parente do poeta infiltra-se entre elas e é feito prisioneiro. A disputa entre os gêneros biológicos cede lugar à dos gêneros literários, confrontando numa série de paródias de tragédias euripidianas e também da própria comédia.
Editora: MARTINS EDITORA
ISBN: 8533621019
ISBN13: 9788533621015
Edição: 1ª Edição - 2005
Número de Páginas: 240
Acabamento: BROCHURA
por R$ 55,00