ESCOLA DE FRANKFURT, A
Passe o mouse na imagem para ver detalhes Ampliar

ESCOLA DE FRANKFURT, A

Em um de seus quadros, o pintor espanhol Goya alertava que " o sono da razão gera mostros". Para a escola de Frankfurt, o oposto é igualmente verdadeiro: a razão vigilante e desperta também pode produzi-los. Segundo os frankfurtianos Horkheimer, Adorno, Marcuse e Benjamim, nçao se cumpriram as promessas da Filosófia das Luzes, que confiava na razão, capaz de conhecer e dominar a natureza, promover o aperfeiçoamento moral e a emancipação política. A razão iluminista procurou refutar o mito, substituindo-o pela ciência, mas esta perdeu sua destinação humana. Para a professora Olgária Matos, os frankfurtianos buscam, diante do pessimismo metafísico, redefinir a razão e, por meio da imaginação estética, reencantar o mundo despoetizado da técnica.
Editora: MODERNA
ISBN: 8516050343
ISBN13: 9788516050344
Edição: 2ª Edição - 2006
Número de Páginas: 112
Acabamento: BROCHURA
Formato: 14.00 x 21.00 cm.