ESFERAS I
Passe o mouse na imagem para ver detalhes Ampliar

ESFERAS I

BOLHAS
Peter Sloterdijk empreende nos três volumes de sua monumental obra Esferas nada menos do que a tentativa de narrar a história da humanidade. Para tanto, começa pelas perguntas mais simples: onde vivem de fato as pessoas a partir do momento que lhes fica claro que estão em casa numa esfera, num globo? Para abordar uma resposta a essa pergunta, Sloterdijk desenvolve o conceito das esferas e cobre um leque fascinante e repleto de perspectivas abrangendo desde as culturas mais primitivas até a nossa época globalizada. Foi Heidegger quem certa vez trouxe à tona a pergunta: "Onde estamos quando dizemos que estamos no mundo"? Neste Bolhas, primeiro volume da série, Sloterdijk oferece sua minuciosa investigação filosófico-existencial sobre o homem e sua relação com seus semelhantes e o entorno, a partir da noção de "espaços íntimos", que seriam como "bolhas". Constatemos que, já na concepção, o feto se desenvolve numa primeira bolha que é o útero materno. Do ponto de vista macropolítico, o homem é fadado a viver sob a égide de uma nação, um Estado ? metáfora de uma eterna busca pela caverna protetora de tempos imemoriais. É essa perspectiva de partir da bolha pessoal para uma visão abrangente e generalista da existência o cerne da obra. Sloterdijk nos faz observar que, desde o nascimento, os mesmos rituais de aproximação e distanciamento passam a se repetir no destino das pessoa
Editora: ESTAÇAO LIBERDADE
ISBN: 8574482749
ISBN13: 9788574482743
Edição: 1ª Edição - 2016
Número de Páginas: 576
Acabamento: BROCHURA
Formato: 16.00 x 23.00 cm.
por R$ 99,00