FISSURAS E FRONTEIRAS

FISSURAS E FRONTEIRAS

O COLETIVO ALUMBRAMENTO E O CINEMA CONTEMPORÂNEO BRASILEIRO
Este livro analisa a experiência de um dos mais exitosos coletivos que renovaram o cinema brasileiro a partir deste século. O ALUMBRAMENTO, formado inicialmente por dez membros em Fortaleza (CE) no ano de 2006, imprimiu uma marca distintiva no contexto do cinema brasileiro contemporâneo, com um expressivo conjunto de obras realizadas de forma colaborativa, refletindo uma poética da afetividade, numa relação orgânica entre cinema e vida. Realizados inicialmente de forma despretensiosa, esses filmes foram, pouco a pouco, despertando a atenção de críticos e curadores, passando a ser selecionados para os principais festivais de cinema do país e do mundo, como os de Veneza, Locarno e Rotterdam.Escrita pelo crítico e professor Marcelo Ikeda, que acompanhou a trajetória do Alumbramento desde sua origem, autor de diversos textos, curadorias e até filmes sobre o tema, esta obra fornece um amplo panorama da contribuição artística do Coletivo: os antecedentes que estimularam sua formação, a diversidade estilística de seus filmes, o percurso de legitimação artística em mostras e festivais de cinema, as fissuras e as disputas internas que o levaram a uma nova formação, seus desafios, sonhos, angústias, fronteiras e limites. Combinando um olhar histórico-sociológico acerca das características e do modo de funcionamento do Alumbramento com a análise estética das obras realizadas por seus membros, esta publicação é destinada a todos aqueles que se interessam em conhecer e se aprofundar sobre o cinema brasileiro contemporâneo.
Editora: SULINA
ISBN: 8520508375
ISBN13: 9788520508374
Edição: 1ª Edição - 2019
Acabamento: BROCHURA
Formato: 16.00 x 23.00 cm.
por R$ 55,00