FUTEBOL E MAIS NADA - UM TIME DE POEMAS
Passe o mouse na imagem para ver detalhes Ampliar

FUTEBOL E MAIS NADA - UM TIME DE POEMAS

Poesia como catarse. Foi o que aconteceu quando escrevi o primeiro poema diante daquele gol brilhante do Petkovic, no jogo Vasco e Flamengo, no final do Campeonato Estadual de 2001, dando ao seu time o tricampeonato. De repente, tudo que eu sabia de futebol a vida inteira veio à tona e eu não era mais a mesma. Compreendi porque tantos choram e se amarguram "só" porque seu time perdeu o jogo. Aprendi a entender a expressão sofredora de um botafoguense, a empáfia quase séria de um flamenguista e a doçura sempre nova de um tricolor. Tudo o mais em futebol é lenda. Quanto mais se fala, mais se tem a dizer e, assim, homens de todo tipo e estirpe, mesclam-se como um só ao assistir uma partida de futebol. Isso que é, ainda, um pouco difícil para grande parte das mulheres entenderem, tornou-se claro para mim e, a cada poema, inaugurei um novo tempo - passei a ser comum, como todos os mortais e a compreender algo que antes não entendia, porque não tentava entender com o coração. Futebol é mais que arte. Se não fosse, não nos daria tanto, um nivelador de classes e espaços. Nenhum outro jogo consegue ser tão unânime entre os torcedores. Seja pelo que for, é único - bênção que faz renascer. A metáfora com o futebol é uma constante. O jogo da vida espelha a arte. A arte da bola como a arte de enfrentar dragões. Estamos sempre em campo, seja pela bola, seja pela vida. Concordando com Cláudio Lovato Filho, o que me aconteceu foi uma conversão.
Editora: IBIS LIBRIS
ISBN: 858912617X
ISBN13: 9788589126175
Edição: 1ª Edição - 2010
Número de Páginas: 80
Acabamento: BROCHURA
Formato: 20.00 x 20.00 cm.
por R$ 30,00