HORA DOS ASSASSINOS, A

HORA DOS ASSASSINOS, A

Poucos autores do século XX foram tão perseguidos, censurados, falados, célebres e controversos como Henry Miller (1891-1980). Acusado de subversivo e pornográfico, seus livros foram perseguidos no Brasil durante a ditadura militar e proibidos em seu país, os EUA (e em muitos outros lugares), durante mais de trinta anos. Foi autor de grandes best-sellers internacionais como a trilogia Sexus (1949), Plexus (1952) e Nexus (1959), Trópico de câncer (1934), Trópico de capricórnio (1949), O Colosso de Marússia (1980), entre outros. Esta 'A hora dos assassinos' não é um estudo crítico sobre a obra do poeta francês "maldito" Arthur Rimbaud e sim um capítulo fascinante da própria biografia de Henry Miller. "Em Rimbaud", escreveu ele, "me vejo como em espelho". A descoberta da personalidade conturbada e multifacetada e o surpreendente uso da linguagem do poeta francês abriram a Miller novas perspectivas literárias e uma identificação; ali estava outro nômade, ao mesmo tempo participante e intruso no mundo, outro espírito rebelde, prisioneiro de um destino difícil de definir e superar.
Editora: L&PM
ISBN: 8525412856
ISBN13: 9788525412850
Edição: 1ª Edição - 2003
Número de Páginas: 144
Acabamento: POCKET
Formato: 11.00 x 18.00 cm.