INTRODUÇÃO AO PENSAMENTO JURÍDICO CHINÊS

INTRODUÇÃO AO PENSAMENTO JURÍDICO CHINÊS

ESTUDO HISTÓRICO-CRÍTICO
Não é difícil perceber o quanto é decisivo um texto como o de Leandro Ferrari. Alguém, alguma geração ou várias gerações que se seguirão a esta, haverão de entregar-se à vida do Espírito. Não há como escapar a trabalhos que exigirão aquilo que mais ausente está na contemporaneidade: a inteligência da sabedoria. Virtude essa consciente de que o Brasil deverá conhecer o mundo para conhecer a si mesmo. A cultura chinesa é uma dessas grandes tarefas que desafia uma cultura tão diversa como a do Brasil a conhecer outra tão valiosa como aquela que a China deu ao mundo. E é assim por que a inteligência, por si só, não assegura a prática da Ética. Fato que não ocorre com a sabedoria: trata-se da inteligência comprometida com a Ética. Esta diferença, a um só tempo simples e complexa, predominou com mais intensidade no Oriente. Eis a resposta do porque o Direito transmutado apenas em norma não poderá evitar a quebra dos preceitos mais elementares e universais da Ética. Esta questão colocou face a face Confúcio e Lao-Tsé numa discussão até hoje inconclusa.FRANCISCO RICARDO CICHERO KURY
Editora: CONSULTOR EDITORIAL PUBLICAÇÕES
ISBN: 8593813100
ISBN13: 9788593813108
Edição: 1ª Edição - 2018
Acabamento: BROCHURA
Formato: 16.00 x 23.00 cm.
por R$ 120,00 2x de R$ 60,00 sem juros