MAIS ESTRANHO QUE A FICÇAO

MAIS ESTRANHO QUE A FICÇAO

Como romancista, Chuck Palahniuk se notabilizou por retratar personagens pouco convencionais. Em Mais estranho que a ficção o autor abandona o universo ficcional e aponta seu foco para as pessoas reais, mas mantém o gosto pelo incomum. O livro é um mergulho no lado mais bizarro e excêntrico dos Estados Unidos, revelando uma outra nação que convive lado a lado com a imagem oficial do país, sobre o qual Palahniuk lança um olhar às vezes irônico, às vezes terno, mas sempre original. Dividido em três, partes o livro reúne uma série de reportagens, ensaios, crônicas e perfis com enfoque jornalístico, alguns escritos para revistas norte-americanas, que trazem em comum o estilo e o gosto de Palahniuk pelo estranho e pelo absurdo infiltrados na vida cotidiana. Em ''Pessoas Juntas'', o autor relata, entre outras histórias, um festival de sexo em Montana; uma competição que reúne amadores desesperados por uma última chance de lutar profissionalmente; um duelo de máquinas agrícolas em uma arena no interior do país; e uma confraria de homens que constroem e vivem em castelos. Já em ''Retratos'', Palahniuk traça o perfil de personalidades como a atriz e cantora Juliette Lewis, o roqueiro Marilyn Manson e o escritor Ira Levin, autor de obras como The Bedford Wives. A terceira e última parte do livro, ''Pessoal'' traz histórias vividas pelo autor, como o período em que Palahniuk trabalhou como acompanhante de pacientes terminais, seguindo de perto os últimos dias de um aidético e seu acerto de contas com a mãe; sua viagem a Hollywood para acompanhar as filmagens de O Clube da Luta, adaptado de seu romance homônimo; a repercussão do sucesso do livro e sobretudo do filme em sua vida; e sua relação com o pai e a morte deste, marcada por uma série de coincidências surpreendentes.
Editora: ROCCO
ISBN: 8532526381
ISBN13: 9788532526380
Edição: 1ª Edição - 2011
Número de Páginas: 272
Acabamento: BROCHURA
Formato: 13.00 x 20.00 cm.
por R$ 36,50