MANUAL POLITICAMENTE INCORRETO DA CIVILIZAÇÃO OCIDENTAL
Passe o mouse na imagem para ver detalhes Ampliar

MANUAL POLITICAMENTE INCORRETO DA CIVILIZAÇÃO OCIDENTAL

Defender qualquer coisa que esteja mais intimamente relacionada a um dos pilares da civilização ocidental tornou-se politicamente incorreto, quando ão um crime repugnante de intolerância. Neste livro, Anthony Esolen deixa claro que o politicamente correto é, em essência, a tentativa de dissolução dos alicerces sobre os quais a nossa civilização foi construída. A ilusão de um progresso constante que começou no Renascimento com o abandono paulatino de antigos costumes obscuros é o mito central que serve para justificar a rejeição contínua de nossas tradições religiosas, intelectuais e morais. É assim que se vem matando o Ocidente.  Sobre o autor:Anthony Esolen é escritor, tradutor e professor. Graduou-se na Princeton University e obteve seu Ph.D. em literatura renascentista pela University of North Carolina at Chapel Hill. Lecionou por décadas no Providence College e hoje é professor residente no Magdalen College. Traduziu para o inglês a Divina comédia de Dante, Da natureza das coisas, de Lucrécio, e Jerusalém libertada, de Torquato Tasso. Publicou mais de 600 artigos em periódicos como First Things, Crisis Magazine, The Catholic Thing, Touchstone e Chronicles, e mais de 10 livros, dentre os quais destaca-se Dez maneiras de destruir a imaginação do eu filho (vide Editorial, 2017).
Editora: VIDE EDITORIAL
ISBN: 9788595070776
ISBN13: 9788595070776
Edição: 1ª Edição - 2019
Número de Páginas: 340
Acabamento: BROCHURA
Formato: 16.00 x 23.00 cm.
por R$ 59,90