MILÉSIMA DEMÃO NAS PAREDES DE ESTAR PERDIDO
Passe o mouse na imagem para ver detalhes Ampliar

MILÉSIMA DEMÃO NAS PAREDES DE ESTAR PERDIDO

“Há algo do concreto mesmo das paredes na tua poesia que a livra de armadilhas tão simples assim, por exemplo, poesia é filosofia, não, tua poesia não cairia nisso, tua poesia é ato-linguagem, resultado do já refletido, e o estar perdido deste livro não é melancólico, não, é revoltado, indignado, e até o teu tédio é desse jeito, pronto para o combate. […] Tão franca a tua poesia, e ainda assim tão linguagem, aliterada sem ser ostensivamente aliteratada, e sim, tão assonada, porque linguagem é, antes de nada, som executado. Por isso eu precisava, entre um poema e outro, ouvir algo, a trilha sonora, compreendes melhor agora?”
Editora: URUTAU EDITORA
ISBN: 8571050767
ISBN13: 9788571050761
Edição: 1ª Edição - 2019
Número de Páginas: 64
Acabamento: BROCHURA
Formato: 14.00 x 19.50 cm.
por R$ 25,00