NAZISTAS NO BRASIL E EXTRADIÇÃO
Passe o mouse na imagem para ver detalhes Ampliar

NAZISTAS NO BRASIL E EXTRADIÇÃO

OS PEDIDOS DE EXTRADIÇÃO DE FRANZ STANGL E GUSTAV WAGNER EM UMA ANÁLISE HISTÓRICO-JURÍDICA
A Segunda Guerra Mundial, o Nazismo e o Holocausto são, certamente, alguns dos assuntos mais pesquisados por historiadores na atualidade. Muito foi (e ainda é) noticiada a presença de Joseph Mengele em terras brasileiras.A presença de outros nazistas no Brasil, porém, é muito pouco debatida e noticiada, constando, em sua maioria, apenas nas notas de rodapé de artigos de revistas. O objetivo da presente obra é expor a respeito dos crimes, fuga para o Brasil e julgamento dos processos de extradição de dois criminosos nazistas: Franz Stangl e Gustav Wagner, responsáveis pela morte de centenas de milhares de pessoas em dois dos maiores campos de extermínio nazistas, Sobibor e Treblinka, utilizando-se, para tanto, de uma visão histórico-jurídica.Com o fim da guerra, os dois criminosos fugiram para o Brasil com o auxílio de membros da Igreja Católica. Stangl foi encontrado em São Paulo em 1967 e Wagner em Atibaia, em 1978, e submetidos a processos de extradição requeridos por nações estrangeiras. A extradição de Stangl foi julgada pelo Supremo Tribunal Federal em 1967 e deferida, enquanto Wagner teve sua extradição julgada em 1979, tendo sido indeferida. Apesar de estes processos terem tido grande impacto na mídia à época, pouco consta na doutrina brasileira a respeito destes casos, fato que dá importância à análise dos motivos que determinaram resultados diversos nos julgamentos.
Editora: JURUA EDITORA
ISBN: 8536245484
ISBN13: 9788536245485
Edição: 1ª Edição - 2014
Número de Páginas: 196
Acabamento: BROCHURA
Formato: 15.00 x 21.00 cm.
por R$ 49,90