O LANÇO, O TERÇO E OS QUINHÕES
Passe o mouse na imagem para ver detalhes Ampliar

O LANÇO, O TERÇO E OS QUINHÕES

RECIPROCIDADE E TROCA NA PESCA COLETIVA DA TAINHA NA ILHA DO MEL
A pesquisa sobre a pesca da tainha no litoral do Paraná oferece um caso exemplar de manutenção de relações socioeconômicas de reciprocidade numa atividade contemporânea, associada às práticas de ajuda mútua, de compartilhamento de recursos comuns e de redistribuição dos produtos. O terço e os quinhões constituem equivalências de repartição desses produtos (em peixe ou em dinheiro), construídas com base em regras próprias da atividade de pesca e não em função das leis da oferta e da demanda ou do mercado do trabalho. A principal contribuição do autor é ter conseguido mostrar, com base em material empírico, de que modo essas relações estruturadas de reciprocidade produzem bens materiais (pescado e dinheiro) e, ao mesmo tempo, geram valores afetivos e éticos de respeito, amizade, confiança e justiça. Evandro Nascimento nos explica, finalmente, como os pescadores mantêm essas regras e práticas de reciprocidade que constituem também obrigações sociais. A preservação de tais regras se dá precisamente por conta da geração de valores éticos associados a valores materiais, na medida em que são eles que permitem assegurar, ao mesmo tempo, a reprodução do ciclo de reciprocidade e o laço social entre os membros da comunidade.
Editora: UFPR - UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANA
ISBN: 9788584801732
ISBN13: 9788584801732
Edição: 1ª Edição - 2019
Número de Páginas: 120
Acabamento: BROCHURA
Formato: 15.50 x 21.00 cm.
por R$ 55,00