O QUE E CONSERVADORISMO
Passe o mouse na imagem para ver detalhes Ampliar

O QUE E CONSERVADORISMO

Os capítulos deste livro seguem um critério de exposição analítica dos elementos principais do pensamento conservador. Por isso começa por explicar a atitude conservadora para depois esclarecer de que forma o conservadorismo se alicerça na ideia de autoridade, o que permite entender a importância da Constituição e o papel do Estado como defensor dos diferentes modos de vida de uma sociedade ordeira.A partir disso, é possível compreender a perspectiva conservadora a respeito da lei e da liberdade, que não é vista de forma abstrata nem absoluta, e da propriedade, que exerce uma função consagradora dentro da sociedade. Scruton afirma que "propriedade é a principal ligação entre o homem e a natureza. É, portanto, o primeiro estágio na socialização dos objetos e a circunstância de todas as instituições mais elevadas. Por meio da propriedade, e dos direitos a ela associados, o objeto é elevado da simples condição de coisa e se entrega à humanidade.Nos capítulos seguintes, Scruton apresenta uma crítica à ideia de alienação do trabalho, faz uma defesa da existência e do funcionamento das instituições autônomas (família, instituições de educação, esportes competitivos), explica a aliança entre poder e autoridade para a composição do establishment (o grande objetivo interno da política e do governo) e apresenta a sua concepção de mundo público, formado pelo estado-nação, pelo estadista e pela política externa.Para encerrar a obra, é apresentada a contraposição entre liberalismo e conservadorismo.
Editora: E REALIZAÇOES
ISBN: 9788580331967
ISBN13: 9788580331967
Edição: 1ª Edição - 2015
Número de Páginas: 328
Acabamento: BROCHURA
Formato: 16.00 x 23.00 cm.
por R$ 69,90