O SERELEPE

O SERELEPE

Ruy Mendes Gonçalves, que foi vice-presidente do conselho de administração do Grupo Saraiva, teve uma participação decisiva na história da companhia. Dirigiu a Saraiva por trinta anos, até deixar o cargo de diretor superintendente, em 2003. Nesse período, a Saraiva passou de uma editora que se encontrava em dificuldades financeiras, com apenas uma livraria em São Paulo, a uma das maiores editoras de livros didáticos e a maior rede de livrarias do Brasil. Com a aquisição da Siciliano, em 2008, a Saraiva possui hoje mais de 4.000 funcionários, com 90 lojas próprias, além do site de comércio eletrônico.Este líder extraordinário revela em O Serelepe como ajudou a empresa quase centenária a adaptar-se aos tempos e crescer com as oportunidades. Isto sem perder os fundamentos de sua cultura, iniciada com a loja de Joaquim Ignácio da Fonseca Saraiva nas vizinhanças da Faculdade de Direito do Largo do São Francisco, as chamadas Arcadas, e a editora inicialmente dedicada aos livros jurídicos - área em que preserva até hoje sua liderança e a base de sua tradiçãoNa autobiografia de Ruy, as lições de administração se misturam às lições de vida e ao relato de outras pessoas que dão à sua história múltiplas faces. Dela emergem tanto a figura do profissional determinado como a do transformador de vidas. No comando da Saraiva, esteve à frente do processo de profissionalização da empresa, da sua conversão em companhia de capital aberto nos moldes contemporâneos e da implantação no Brasil da Mega Store. Cerca de 30% das livrarias da rede seguem hoje o conceito da livraria completa.Ruy fez a companhia atravessar as turbulências econômicas ao longo de décadas e firmar-se como um caso de sucesso de uma empresa brasileira que ganhou impulso mesmo no momento da globalização e do aumento da concorrência internacional. A Saraiva é também hoje paradigma de uma empresa de comando familiar, com uma gestão profissionalizada e cujas ações são negociadas na bolsa de valores.Foi capaz também de mostrar como alguém marcado por dificuldades na infância, decorrentes da perda precoce do pai, pode moldar-se para uma carreira brilhante. Formado em Administração de Empresas, com mestrado pela Fundação Getulio Vargas, juntou à sua vida dedicada ao trabalho certa vocação para a boemia, o temperamento forte e uma franqueza para falar dos assuntos mais difíceis que dão ao seu relato a vivacidade e a emoção de quem lê um verdadeiro romance.O Serelepe é o retrato de um homem inquieto, capaz de se renovar sempre, como revela o motivo final que o levou a deixar suas memórias em livro: o nascimento de Ruy Quintino, que fez dele pai pela quinta vez, aos 73 anos. Assim, com o sucesso nos negócios e o filho recém-nascido, o livro de Ruy ganha contornos de uma grande jornada pessoal. Um retrato da vida como ela é, com um desfecho duplamente feliz, no trabalho e na vida pessoal.
Editora: SARAIVA
ISBN: 8502084070
ISBN13: 9788502084070
Edição: 1ª Edição - 2009
Número de Páginas: 162
Acabamento: BROCHURA
Formato: 17.00 x 24.00 cm.
por R$ 44,90