PAUL VALERY - A SERPENTE E O PENSAR
Passe o mouse na imagem para ver detalhes Ampliar

PAUL VALERY - A SERPENTE E O PENSAR

Iniciado em 1916 e publicado pela primeira vez em 1921, o poema 'Esboço de uma Serpente', de Paul Valéry, impressionou vivamente escritores do porte de Joyce e Eliot. Na poética de Valéry a Serpente é o símbolo do pensar. Os 'Cadernos', escritos num período de 50 anos, entre 1894 e 1945, constituem uma constelação de seus pensamentos em linguagem aforismática. Os textos aqui reunidos, a tradução do poema 'Esboço de uma Serpente' e os fragmentos dos 'Cadernos', querem montar um ideograma do universo mental de Paul Valéry - do poeta-pensador ao pensador-poeta.
Editora: FICÇOES
ISBN: 8562226025
ISBN13: 9788562226021
Número de Páginas: 120
Acabamento: BROCHURA
Formato: 14.00 x 21.00 cm.