PERCEVEJOS, IDEÓLOGOS — E ALGUNS ESCRITORES
Passe o mouse na imagem para ver detalhes Ampliar

PERCEVEJOS, IDEÓLOGOS — E ALGUNS ESCRITORES

Este livro é o terceiro da série, ainda não terminada, em que o crítico literário e professor de escrita criativa Rodrigo Gurgel relê os prosadores da literatura brasileira e analisa sua obras de destaque. Os dois primeiros volumes da série, Muita retórica - pouca literatura (de Alencar a Graça Aranha) e Esquecidos & Superestimados, vieram a público em 2012 e 2014, respectivamente.Neste terceiro volume, Gurgel vai de Alberto Rangel a Cassiano Ricardo, comentando o que aconteceu de melhor e de pior na produção literária brasileira nas décadas e 1920 e 1930. O crítico encontra-se muitas vezes tendo que garimpar trechos de genuína literatura em meio a escombros de prosa barata, vazia ou ideológica. O leitor é quem mais se beneficia com a empreitada, já que sai com todas as riquezas colhidas e ainda assiste a um crítico destemido vergastando quem merece. Sobre o autor: Crítico literário do jornal Rascunho, colaborador da Folha de S. Paulo e colunista do site Mídia sem Máscara, Rodrigo Gurgel é autor de "Muita Retórica - Pouca Literatura (de Alencar a Graça Aranha)", publicado pela VIDE Editorial. Gurgel também escreve, ocasionalmente, para outras publicações, impressas ou na web, como as revistas Dicta & Contradicta, Vila Nova e Sibila. Leitor crítico de editoras e agências literárias (presta serviços inclusive a particulares) e editor freelance, também trabalha como coach literário, assessorando escritores na escrita ou reescrita de suas obras. Jurado do Prêmio Jabuti de 2009 a 2012, Gurgel ganhou notoriedade em 2004, quando foi escolhido como um dos dez vencedores do Concurso de Contos “Caderno 2”, do jornal O Estado de S. Paulo, dedicado aos 450 anos da cidade de São Paulo.
Editora: VIDE EDITORIAL
ISBN: 9788595070752
ISBN13: 9788595070752
Edição: 1ª Edição - 2019
Número de Páginas: 312
Acabamento: BROCHURA
Formato: 14.00 x 21.00 cm.
por R$ 59,90