POESIA E POLITICA NAS CANÇOES DE BOB DYLAN E CHICO BUARQUE
Passe o mouse na imagem para ver detalhes Ampliar

POESIA E POLITICA NAS CANÇOES DE BOB DYLAN E CHICO BUARQUE

Este estudo comparativo pretende examinar a ideologia e contra-ideologia dos textos poéticos de Bob Dylan e Chico Buarque, na literatura de protesto surgida entre as décadas de 1960 e 1980. Este ensaio, primeiramente, disserta sobre a história da música popular norte-americana, da origem da balada à canção de protesto; e da origem do samba à criação de um ritmo genuinamente brasileiro, a bossa-nova e sua variante, a bossa-nova participativa, tentando evidenciar, em ambos os contextos, a canção como veículo-manifesto das reivindicações sociais. São estabelecidas, então, as influências político-literárias da contracultura em Bob Dylan e o contexto histórico pré e pós-1964 vivenciado por Chico Buarque. Em seguida, são analisados o conteúdo ideológico e contra-ideológico das canções de Bob Dylan, como poeta engajado na folk music revival, e a temática das canções de resistência e de conteúdo órfico de Chico Buarque. Com esta obra, procura-se demonstrar que apesar das dissemelhanças culturais e políticas, ambos os autores se coadunam ideologicamente, na temática de protesto e nas formas composicionais de suas canções.
Editora: NOVERA
ISBN: 8560000046
ISBN13: 9788560000043
Edição: 1
Acabamento: BROCHURA