PRINCESA DO MADEIRA - OS FESTEJOS ENTRE POPULAÇOES RIBEIRINHAS DE HUMAITA - AM

PRINCESA DO MADEIRA - OS FESTEJOS ENTRE POPULAÇOES RIBEIRINHAS DE HUMAITA - AM

'Princesa do Madeira - Os festejos entre as populações ribeirinhas de Humaitá-AM' descreve um passado amazônico submerso no universo das famílias ribeirinhas ou beiradeiras. A compreensão da construção histórica de Humaitá permite uma reconstrução da teia de relações sociais entre osdiversos atores surgidos às margens do rio Madeira.Esta obra, ao relacionar os festejos de Santo Antonio e da Imaculada Conceição, realizados no 'Porto da Anta', em Humaitá, com a história oficial percebe-se nasvozes que escutamos, ecos de vozes que emudeceram e, que em meio a teias de significados busca interpretar uma situação de fronteira bipolar entre ahistoricidade da população indígena Parintintin e da fundação local, surgindo, assim, um campesinato amazônida.Esses festejos coincidem com as duas estações amazônicas que rompem com o cotidiano das populações ribeirinhas, demonstrando um modo de vida cíclico, suas relações sociais, esperanças, fartura, prestações sociais totais como forma de uma revitalização dos regimes de trocas, de historicidades e temporalidades.
Editora: HUMANITAS
ISBN: 857732088X
ISBN13: 9788577320882
Edição: 1ª Edição - 2008
Número de Páginas: 252
Acabamento: BROCHURA
Formato: 16.00 x 22.00 cm.
por R$ 34,00