RAZAO E RETORICA NO CRIMEN CULPAE

RAZAO E RETORICA NO CRIMEN CULPAE

'Razão e Retórica' procura distinguir o que há, por meio de proposições analítico-críticas, de verdadeiro e, por negação desta identidade, falso, nos denominados crimes culposos. Por derivação consequencial, a constatação de ausência de uma intelegibilidade única a propiciar a formação de uma concepção científica - ciência-, de uma teoria apta a deliberar e solucionar todos os conflitos ocorrentes sobre esta forma de dano que, por fator intensificador, em face da tecnificação e complexidade crescentes da sociedade, ocorrem numa escala assustadora, com a contrapartida de possuir aportes teóricos aleatórios, genéricos e fracos em seus fundamentos, em seu trato teórico-conceitual. Constrói-se, destarte, no sentido e racionalidade existentes, sob falsas e aleatórias argumentações, uma racionalidade acrítica que mais confunde por se pensar cientificamente sob o prisma da ciência o que não passa de uma causalidade e esta sempre sujeita a modificações, como se nisso residisse a solução finalpara o crime culposo tópico e interpretativo. Termina, afinal, por dificultar ou impedir o seu tratamento dogmático pela comunidade científica, ao se locomover por meio de opiniões sistematizadas que se firmam por repetição e simpatias, terminando, por derivação, trazer ou permitir que ocorra uma idéia de insegurança jurídica final quando presente este evento culposo na sua resolução, que poderá ser qualquer coisa. Quando não resta como produto de analogias mal fundadas. A prática judicial a isso de uma forma geral resolve, uma vez que a ciência taxativamente não o faz, ao mesmo tempo que o agrava. E nisto poderá, por mais razão que seja, retórica. E nesta busca se põe'Razão e Retórica no Crimen Culpae'.
Editora: VERBO JURIDICO
ISBN: 8576991918
ISBN13: 9788576991915
Edição: 1ª Edição - 2009
Número de Páginas: 366
Acabamento: BROCHURA
Formato: 14.00 x 21.00 cm.
por R$ 54,00