REDEMPTORIS: A SAGA DA CRISTO DESAPARECIDO
Passe o mouse na imagem para ver detalhes Ampliar

REDEMPTORIS: A SAGA DA CRISTO DESAPARECIDO

A SAGA DO CRISTO DESAPARECIDO
Cronista com grande habilidade para o humor, o jornalista Carlos Eduardo Novaes é constantemente comparado ao genial Stanislaw Ponte Preta. Seus textos trazem a mesma fina ironia, o mesmo talento para expor as mazelas e maquinações políticas nacionais, as malandragens cariocas. Em Redemptoris, ele estréia no romance, mas sem perder a veia irônica que o consagrou nos escritos curtos.Neste ambicioso romance — misto de crônica social e novela policial —, ele cria uma divertida trama sobre uma situação tão absurda quanto original: o roubo da estátua do Cristo Redentor durante a campanha eleitoral para prefeito da cidade do Rio de Janeiro. A história brinca com as possibilidades dessa impossibilidade e com o comportamento dos políticos durante as eleições.Com a promessa do prefeito de um prêmio por qualquer informação relevante, filas de pessoas das mais diversas áreas se formam diante do prédio da prefeitura: doutores, médiuns, astrólogos, professores, sambistas, cabalistas etc... E até mesmo um sequestrador dizendo estar com a estátua: ele manda um dedo do Cristo, e pede um adiantamento do resgate. Num ritmo acelerado, onde a ação vai se abrindo e incorporando novos personagens, entra em cena o detetive da história: Jamie Trent, um investigador obcecado por Sherlock Holmes. À sua volta circula uma impressionante galeria de personagens divertidíssima: a mulher Rita, a irmão Suelen, a paixão Laura e o ajudante Robson Formiga Gigante.Redemptoris é ainda uma declaração de amor ao Rio de Janeiro. Mais do que uma referência, o carioca é um personagem genérico, que vai pontuando a narrativa com suas reconhecidas características.
Editora: RECORD
ISBN: 8501096164
ISBN13: 9788501096166
Edição: 1ª Edição - 2011
Número de Páginas: 352
Acabamento: BROCHURA
Formato: 14.00 x 21.00 cm.