RETRATO DO ARTISTA QUANDO JOVEM CAO

RETRATO DO ARTISTA QUANDO JOVEM CAO

Este livro reúne dez contos semi-autobiográficos que falam da infância e juventude do autor no País de Gales. Contos estes escritos no final dos anos 30, quando o poeta tinha entre 24 e 25 anos. Dylan Thomas era um sonhador solitário, um escritor com linguagem própria, atento à sonoridade das palavras e estilo incrivelmente pessoal. O vigor de suas imagens e o ritmo de sua narrativa são marcas registradas. Os contos deste livro - cujo título é um velado tributo à influência que sobre o autor exerceu a progressista prosa de Joyce, embora Thomas sutilmente negue - revelam um ficcionista, à semelhança do que ocorre com o poeta, em estado de permanente insubordinação contra os limites racionais que lhe impunham os cânones sintáticos e vocabulares da língua inglesa.São histórias recheadas de surrealismo e muito humor. Uma visão surpreendente, capaz de devolver seu coração à meninice sem cair no lugar-comum. A prosa do poeta sustenta-se por si mesma. O livro revela um contista em paz com a sua arte. Mais do que isso: um autor capaz de fazer a prosa disputar com os versos a primazia de dizer mais com o mínimo de elementos.
Editora: JOSE OLYMPIO
ISBN: 8503004054
ISBN13: 9788503004053
Edição: 2ª Edição - 2002
Número de Páginas: 189
Acabamento: BROCHURA
Formato: 13.50 x 21.00 cm.
por R$ 42,90