SENTIMENTOS EM CONFLITO
Passe o mouse na imagem para ver detalhes Ampliar

SENTIMENTOS EM CONFLITO

ACERCA DO QUE FAZEMOS, PODEMOS E DEVEMOS FAZER DE NÓS MESMOS
Neste trabalho, intitulado Sentimentos em conflito - Acerca do que fazemos, podemos e devemos fazer de nós mesmos, procurei mostrar como se organiza e funciona o campo de sentido da experiência prática com vários dos seus desdobramentos internos. Chamamos aqui de experiência prática ao conjunto de experiências do sujeito no domínio prático: moral em sentido estrito, direito, política e história, incluindo reflexões sobre a loucura e o conhecimento antropológico. A pergunta em questão é acerca da possibilidade da experiência moral e nos conduz a indagar as estruturas proposicionais que aparecem na experiência prática, o sujeito dessa experiência que aparece como operador e objeto das operações, os afetos e sentimentos que se articulam com os enunciados morais, bem como as regras sintáticas e referenciais que estão em jogo no campo prático. Parafraseando Kant: deixamos para trás o presunçoso título de ontologia como também o de uma moral dos fatos em si e avançamos numa analítica das condições de possibilidade de uma experiência prática (em sentido amplo): moral, política, histórica e antropológica, incluindo ainda a experiência da loucura.
Editora: PHI EDITORA
ISBN: 8566045602
ISBN13: 9788566045604
Edição: 1ª Edição - 2019
Número de Páginas: 384
Acabamento: BROCHURA
por R$ 93,00