TEATRO ROMANTICO PORTUGUES
Passe o mouse na imagem para ver detalhes Ampliar

TEATRO ROMANTICO PORTUGUES

O DRAMA HISTORICO
O presente volume é o primeiro de uma série antológica que pretende reunir o que de mais significativo produziu a literatura dramática portuguesa do século XIX. Dedicado ao drama histórico romântico, inclui quatro peças paradigmáticas: Um Auto de Gil Vicente (1838), de Almeida Garret, que marca o início do romantismo no nosso teatro, O Emparedado (1839), de António Maria de Sousa Lobo, Os Dois Renegados (1839), de José da Silva Mendes Leal, e O Cativo de Fez (1841), de António Joaquim da Silva Abranches, à excepção da primeira, hoje totalmente desconhecidas, não tendo duas delas sido, até agora, objecto de qualquer reedição. Este primeiro volume - que terá o seu natural complemento numa paralela antologia do teatro romântico brasileiro, da responsabilidade de Duarte Ivo Cruz - , tal como acontecerá com os restantes desta série, contém um extenso ensaio prefacial de Luiz Francisco Rebello, reconhecidamente o maior especialista na história do teatro português deste periodo, integrando-se a sua edição no programa de resgate da dramaturgia portuguesa que a INCM tem vindo a realizar de forma sistemática, com a colaboração dos melhores investigadores da história da nossa literatura dramática.
Editora: IMPRENSA NACIONAL CASA DA MOEDA (PORTUGAL)
ISBN: 9789722714952
ISBN13: 9789722714952
Edição: 2008
Número de Páginas: 418
Acabamento: PAPERBACK
Formato: 15.00 x 24.00 cm.
por R$ 289,41 4x de R$ 72,35 sem juros