TIMONEIROS - RETORICA, PRUDENCIA E HISTORIA EM MAQUIAVEL E GUICCIARDINI
Passe o mouse na imagem para ver detalhes Ampliar

TIMONEIROS - RETORICA, PRUDENCIA E HISTORIA EM MAQUIAVEL E GUICCIARDINI

Maquiavel e Guicciardini são os dois pensadores políticos mais instigantes do Renascimento italiano. Embora a notoriedade do primeiro contraste com a pouca divulgação do pensamento do segundo no Brasil, os dois autores compartilharam e mesmo discutiram vários interesses: a política, a república, a história. Além do famoso Príncipe, o mais lido manual político da história do Ocidente, que é repleto de exemplos do passado, Maquiavel escreveu uma história da cidade de Florença e fez do conhecimento histórico o caminho comparativo das experiências de antigos e modernos, que constitui o seu livro sobre os romanos. Guicciardini também foi autor de uma história de Florença, mas a sua principal façanha historiográfica e intelectual foi a escrita daquela que é considerada a primeira história da Itália (a península, pois a unificação do Estado só se daria séculos depois). É a partir dessa clássica e riquíssima conexão entre a história e a política que Timoneiros, de Felipe Charbel, explora, com raras maestria, inteligência e erudição, um conjunto de temas renascentistas em cujo centro se encontra a figura da prudência, acompanhada de sua inseparável companheira, a retórica.
Editora: UNICAMP
ISBN: 8526809164
ISBN13: 9788526809161
Edição: 1ª Edição - 2010
Número de Páginas: 232
Acabamento: BROCHURA
Formato: 16.00 x 23.00 cm.
por R$ 50,00