TUDO QUE EU DEVIA SABER APRENDI NO JARDIM-DE-INFANCIA

TUDO QUE EU DEVIA SABER APRENDI NO JARDIM-DE-INFANCIA

Comparado a clássicos como "O pequeno Príncipe" e "Fernão Capelo Gaivota", este livro reúne textos curtos, crônicas líricas e bem-humoradas que lançam uma nova luz sobre o cotidiano. Revelando o que há de nobre nas pessoas comuns, o que há de grandioso nas situações banais, Robert Fulghum toca o coração do leitor e desperta nele uma nova percepção. Os temas dos textos são os mais variados: o prazer da comida da infância reencontrado num bar de beira de estrada, a surpreendente sabedoria de um velho sapateiro judeu, o escandaloso amor dos guaxinins, o menino surdo que no outono recolhe as folhas caídas das árvores, a experiência metafísica proporcionada pela lavagem de um cesto de roupas sujas... A crônica que inspirou o título do livro é um exemplo da comovente e divertida engenhosidade do autor, que enumera as diretrizes simples que norteiam os jardins de infância - dividir tudo, pedir desculpas, fazer um pouco de tudo - e as relaciona com as regras do mundo adulto, mostrando verdades simples e universais podem fazer o mundo melhor. Sábio, delicado, comovente, este é um livro para todas as idades, uma obra especial para ser lida e relida muitas vezes.
Editora: BEST SELLER
ISBN: 8571239045
ISBN13: 9788571239043
Edição: 1ª Edição - 2004
Número de Páginas: 239
Acabamento: BROCHURA
Formato: 14.00 x 21.00 cm.