0

Meu carrinho

    Favoritar
    CANDIDO PORTINARI E MARIO PEDROSA
    Ref:
    765054

    Por: R$ 63,00

    Preço a vista: R$ 63,00

    Comprar

    Sinopse

    Até hoje figuração e abstração são opostos, que sustentam muitas iniciativas e divergências em matéria de arte. Neste livro são tratadas como itens e índices de mudanças profundas e duradoras que impactam artistas, suas práticas e obras, e indivíduos e instituições vinculadas a elas. Embora focando o Brasil e recortando o período que se inicia com o fim da Segunda Guerra e o começo da décadas de 60, a antropóloga Patrícia Reinheimer apresenta, com descrições minuciosas, as extensões das origens e desdobramentos desse embate para outros espaços sociais e momentos, e para valores, ideias, conflitos e discursos por conta dos quais figuração e abstração fazem sentido. Conduzidos pela análise do caráter figurativo da obra do pintor Candido Portinari e da afirmação da oportunidade do uso da Abstração na arte feita pelo crítico Mário Pedrosa, Patrícia Reinheimer nos coloca em contato com esses personagens especialíssimos, e com a antropologia e a sociologia que também se perguntam sobre o significado da arte.
    Mostrar mais

    Ficha técnica

    Especificações

    ISBN9788576173199
    SubtítuloUMA LEITURA ANTROPOLOGICA DO EMBATE ENTRE FIGURAÇAO E ABSTRAÇAO NO BRASIL
    Pré vendaNão
    Peso433g
    Livro disponível - pronta entregaSim
    IdiomaPortuguês
    Tipo itemLivro Nacional
    Número de páginas336
    Número da edição1ªEDIÇÃO - 2015
    Código Interno765054
    Código de barras9788576173199
    AcabamentoBROCHURA
    AutorREINHEIMER, PATRICIA
    EditoraGARAMOND
    Sob encomendaNão

    Este livro é vendido

    SOB ENCOMENDA

    SE DISPONÍVEL NO FORNECEDOR SERÁ ENTREGUE EM dias

    Mais

    O prazo de acordo com a transportadora selecionada.

    Comprar