0

Meu carrinho

    Favoritar

    LATINO-AMERICANIZANDO O BRASIL

    Ref:
    972053

    Por: R$ 32,00

    Preço a vista: R$ 32,00

    Comprar

    Para envios internacionais, simule o frete no carrinho de compras.

    Sinopse

    Latino-Americanizando o Brasil: A crítica literária e o diálogo transnacional trata das propostas de integração do Brasil no paradigma cultural e literário latino-americano entre as décadas de 1960 e 1980. Examinando as relações de troca, os projetos e os escritos dos críticos Antonio Candido, Ángel Rama, Emir Rodríguez Monegal e Haroldo de Campos, intelectuais que se dedicaram incansavelmente a promover a circulação de ideias na América Latina, Thayse Leal Lima explora o impacto desses diálogos sobre as noções de identidade cultural, tradição literária, cânone e nação. Uma das questões centrais aqui levantadas refere-se ao impacto que os projetos de integração produziram no modo como a identidade cultural brasileira e a latino-americana vinham sendo pensadas até então. A autora argumenta que o esforço em aproximar as duas grandes tradições continentais estimulou tanto a revisão do paradigma latino-americano, historicamente definido com base na língua e na cultura hispânicas, quanto o descentramento do enfoque predominantemente nacional que havia informado a teoria literária e cultural no Brasil até então. O livro busca situar a ascensão do latino-americanismo no campo da crítica literária brasileira e hispano-americana. Embora reconheça que o contexto político (marcado pela Revolução Cubana e pela ascensões dos regimes militares) tenha impulsionado a onda ­latino-americanista, a autora afirma que o viés histórico não explica completamente o que levou intelectuais de orientações ideológicas e estéticas tão variadas e, em certos pontos divergentes, a se dedicarem ao ideal de unificação transnacional. Sua análise leva em consideração as condições específicas do campo literário para demonstrar que, nesse espaço, a integração também traduzia um desejo de influir no regime de circulação e intercâmbio internacionais, que em grande parte ainda ocorria no eixo centro-periferia. Com base em ampla pesquisa de arquivos e em uma leitura atenta de fontes primárias, Lima demonstra como críticos literários e culturais mobilizaram o paradigma transnacional para conectarem-se com um público mais amplo, dentro e fora de seus países de origem. Nesse sentido, além de contribuir para um maior entendimento da complexa história de inserção do Brasil na América Latina, sua pesquisa lança luz também nas estratégias utilizadas por tradições intelectuais marginalizadas para negociar e imaginar seu lugar na esfera das relações mundiais. Além de oferecer uma análise profunda das relações entre críticos literários ­hispano-americanos e brasileiros durante um período de intensas transformações políticas, culturais e literárias, este livro expõe as implicações do latino-americanismo para as epistemologias de base nacional e continental e para as trocas literárias e intelectuais entre os países ditos periféricos.
    Mostrar mais

    Ficha técnica

    Especificações

    ISBN9786587448480
    SubtítuloA CRÍTICA LITERÁRIA E O DIÁLOGO TRANSNACIONAL
    Pré vendaNão
    Peso350g
    Autor para link
    Livro disponível - pronta entregaSim
    Dimensões21 x 15 x 1.5
    IdiomaPortuguês
    Tipo itemLivro Nacional
    Número de páginas255
    Número da edição1ª EDIÇÃO - 2021
    Código Interno972053
    Código de barras9786587448480
    AcabamentoBROCHURA
    AutorLIMA, THAYSE LEAL
    EditoraUFPR - UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANA
    Sob encomendaNão

    Este livro é vendido

    SOB ENCOMENDA

    Prazo estimado para disponibilidade em estoque: dias úteis

    (Sujeito aos estoques de nossos fornecedores)

    +

    Prazo do frete selecionado.

    (Veja o prazo total na sacola de compras)

    Comprar