0

Meu carrinho

    Favoritar

    MODERNIDADE E MODERNIZAÇÃO EM O SELVAGEM DA ÓPERA E A MÁQUINA DE MADEIRA

    Ref:
    952355

    Por: R$ 43,08

    Preço a vista: R$ 43,08

    Comprar

    Para envios internacionais, simule o frete no carrinho de compras.

    Sinopse

    Nesta obra são contempladas algumas representações da modernidade e da modernização em dois romances da literatura brasileira contemporânea: O selvagem da ópera (1994), de Rubem Fonseca, e A máquina de madeira (2012), de Miguel Sanches Neto. Ambas as narrativas, de ficção histórica, põem em xeque o Brasil do Segundo Império com críticas às suas políticas sociais, tecnológicas e culturais, na tentativa de superar os entraves relegados pelo regime colonial e escravocrata. Nessa perspectiva, investe-se na trajetória dos protagonistas: o maestro Antônio Carlos Gomes e o inventor da máquina de escrever, o padre Francisco João de Azevedo. O sangue negro do primeiro e as origens humildes de ambos funcionam como paradigma de um Brasil que quer se modernizar, mas que não se enquadra em um modelo importado, eurocêntrico.
    Mostrar mais

    Ficha técnica

    Especificações

    ISBN9786525103457
    Pré vendaNão
    Peso180g
    Autor para link
    Livro disponível - pronta entregaNão
    Dimensões21 x 14 x 2
    IdiomaPortuguês
    Tipo itemLivro Nacional
    Número de páginas130
    Número da edição1ª EDIÇÃO - 2021
    Código Interno952355
    Código de barras9786525103457
    AcabamentoBROCHURA
    AutorMUCHA, MÁRCIA
    EditoraCRV
    Sob encomendaSim

    Este livro é vendido

    SOB ENCOMENDA

    Prazo estimado para disponibilidade em estoque: dias úteis

    (Sujeito aos estoques de nossos fornecedores)

    +

    Prazo do frete selecionado.

    (Veja o prazo total na sacola de compras)

    Comprar