0

Meu carrinho

    Favoritar

    MOVIMENTO SOCIALISTA E PARTIDOS POLÍTICOS

    Ref:
    952810

    Por: R$ 18,00

    Preço a vista: R$ 18,00

    Comprar

    Sinopse

    Este livro “Movimento socialista e partidos políticos” de Florestan Fernandes é fruto de uma conferência realizada por ele na sede da Associação Brasileira de Imprensa (ABI), em 1978. Em um período em que se iniciava a crise da ditadura civil-militar que, não obstante, recrudescia a repressão; era um momento também em que crescia o movimento de massas de resistência à ditadura, cujo maior expoente foram as greves do ABC paulista. Florestan já havia assumido para si a tarefa de “pedagogo da revolução” dedicando todo o seu acúmulo intelectual e esforços teóricos a pensar caminhos para a construção da revolução brasileira.

    Nesse livro, o autor se detém sobre os objetivos estratégicos que devem nortear todos os socialistas revolucionários, sobre a construção do socialismo e sobre as táticas da luta revolucionária no Brasil e na América Latina. Diante dos vários movimentos que surgiam à época, de maneira “espontânea”, como resistência à ditadura, Florestan contrapõe a necessidade de formação de um movimento socialista, ligado à construção de partidos revolucionários. Sem o trabalho do partido, a formação dessa força social anticapitalista e socialista seria frágil. E o partido socialista, sem essa força muito maior que ele, seria débil.

    Assim o Florestan desenha uma estratégia revolucionária, considerando a dinâmica do capitalismo dependente brasileiro, em que o movimento socialista seria a confluência das forças anticapitalistas tanto para impulsionar as reformas quanto para alimentar a revolução contra a ordem e organizar a sociedade em novas bases.

    Para o autor, a forma de ser autocrática da burguesia brasileira, que se consolida com o golpe de 1964, acabava com duas ilusões cultivadas anteriormente pela esquerda no Brasil: a primeira, que a burguesia pudesse realizar reformas ou revoluções dentro da ordem. Isso já não era mais possível. O que a burguesia seria capaz de fazer era organizar a contrarrevolução para garantir a defesa final da ordem capitalista. A segunda ilusão era acabar com o mito da democracia burguesa. Apesar de ter sido escrito há mais de 40 anos, a análise de Florestan guarda uma grande atualidade e tem fundamental importância e relevância para a organização das forças sociais empenhadas na construção de um país livre e justo.

    Portanto, essa obra – uma parceria da Editora Expressão Popular com o ANDES-SN (Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior) – traz uma reflexão importantíssima sobre temas candentes da luta revolucionária, com suas particularidades em cada tempo histórico.
    Mostrar mais

    Ficha técnica

    Especificações

    ISBN9786558910213
    Pré vendaNão
    Peso120g
    Autor para link
    Livro disponível - pronta entregaSim
    Dimensões18 x 12 x 0.2
    IdiomaPortuguês
    Tipo itemLivro Nacional
    Número de páginas91
    Número da edição1ª EDIÇÃO - 2021
    Código Interno952810
    Código de barras9786558910213
    AcabamentoBROCHURA
    AutorFERNANDES, FLORESTAN
    EditoraEXPRESSAO POPULAR**
    Sob encomendaNão

    Este livro é vendido

    SOB ENCOMENDA

    Prazo estimado para disponibilidade em estoque: dias úteis

    (Sujeito aos estoques de nossos fornecedores)

    +

    Prazo do frete selecionado.

    (Veja o prazo total na sacola de compras)

    Comprar