0

Meu carrinho

    Favoritar
    PRA FRENTE, BRASIL!
    Ref:
    854986

    Por: R$ 50,00

    Preço a vista: R$ 50,00

    Comprar

    Sinopse

    Na Copa do Mundo da Suécia, em 1958, dois jogadores de futebol se consolidaram como mitos forjados pelos trabalhadores, numa espécie de síntese das diversas representações de identidade nacional que se confrontavam e coexistiam num mesmo contexto. Estamos falando dos mitos de Pelé e de Garrincha. A popularidade desses dois mitos não devia somente às suas excepcionalidades com a bola no pé ou por conta de seus inúmeros títulos conquistados. Devia também a postura que ambos tiveram com contexto social em que viveram após a Copa da Suécia até o início da década de 1980. Nesse período, os mitos de Pelé e Garrincha foram frutos de constantes lutas materiais e simbólicas efetivadas por diferentes atores sociais que buscavam o enquadramento ou o silenciamento dessas simbologias aos seus interesses político-ideológicos. Assim, o objetivo aqui proposto é estudar como o futebol e, particularmente, os mitos de Pelé e de Garrincha foram utilizados simbolicamente por diferentes atores sociais – com destaque para o Estado, a grande imprensa comercial e os trabalhadores – na construção da identidade nacional no Brasil.
    Mostrar mais

    Ficha técnica

    Especificações

    ISBN9788584991198
    SubtítuloDO MARACANAZZO AOS MITOS DE PELE E GARRINCHA, A DIALETICA DA ORDEM E DA DESORDEM (1950-1983)
    Pré vendaNão
    Peso100g
    Autor para link
    Livro disponível - pronta entregaSim
    IdiomaPortuguês
    Tipo itemLivro Nacional
    Código Interno854986
    Código de barras9788584991198
    AcabamentoBROCHURA
    AutorSOUZA, DENALDO ALCHORNE DE
    EditoraINTERMEIOS
    Sob encomendaNão

    Este livro é vendido

    SOB ENCOMENDA

    Prazo estimado para disponibilidade em estoque: dias úteis

    (Sujeito aos estoques de nossos fornecedores)

    +

    Prazo do frete selecionado.

    (Veja o prazo total na sacola de compras)

    Comprar